Euclides Araujo, Advogado

Euclides Araujo

Brasília (DF)
65seguidores7seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

“Para que o mal triunfe, basta que os bons não façam nada.” Edmund Burke.
Nacionalista, Bacharel em Direito, Advogado e Pós Graduado em Docência do Ensino Superior Lato Sensu.

Principais áreas de atuação

Direito Civil, 100%

DIREITO CIVIL/ PROCESSUAL CIVIL - DIREITO PENAL/PROCESSUAL PENAL - DIREITO DE FAMÍLIA/SUCESSÕES- ...

Comentários

(661)
Euclides Araujo, Advogado
Euclides Araujo
Comentário · há 8 dias
Nobres colegas, parabenizo o Drº Nadir Tarabori pela noticia postada é legitima é cabível, lamento se não agradou aos partidaristas, condescendentes e àqueles que adotaram o lula como corrupto de estimação. Dito isto, pois bem. Esta decisão do Desembargador de Plantão foi um atentado ao principio da colegialidade e porque não dizer, ao da segurança jurídica. Estão tentando transformar o Brasil na Índia, onde todo juiz apita, mesmo que não seja da competência dele.

Foi um desastre esta manobra atabalhoada para tentar soltar o Lula, quase deu certo, mas neste país, o judiciário é composto em sua grande maioria de juízes sérios e comprometidos com o país e com a lei. Não se pode olvidar, o Desembargador de plantão extrapolou seus limites, não poderia se imiscuir nesta matéria, principalmente, pelo fato de não haver nenhum fato novo.

Ficou claro que foi uma manobra política desastrosa, principalmente, pela vida pregressa política do Desembargador plantonista do TRF-4. Ademais, este desembargador é um critico ferrenho da operação lava jato, o que torna qualquer decisão dele em relação aos réus da lava jato suspeitas.

Por outro lado, este fato demonstra de forma clara, estas indicações políticas para ministros do STF,STJ e do TRF tem que acabar, estes cargos devem ser preenchidos por juízes de carreira, promotores de carreira e advogados de carreira por antiguidade. Quanto ao Supremo, as vagas deveriam ser preenchidas somente por ministros do STJ por antiguidade e por ai vai.

Ora, se já não bastasse o trio ternura da 2ª Turma do STF, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, avacalhando a lava jato e desdenhando dos seus colegas da Corte ao determinar a soltura de todos os envolvidos nos crimes contra o erário público, agora, aparece mais um para tentar desmoralizar a única instituição deste país que o povo acredita e repousa suas esperanças para por um fim nesta quadrilha de fascínoras que tomaram de assalto os cofres públicos. E o mais triste de tudo isto, tem pessoas que apoiam. Alguma providência tem que ser tomada para por um fim nesta balburdia criada pelos partidaristas e condescendentes da conduta espúria do Lula.

Estamos trilhando um caminho temerário, o bandidismo esta tentando dominar o país e se isto acontecer novamente, iremos pagar um preço muito alto, pois a Presidência da Republica esta comprometida, o Legislativo mais ainda e agora, estão tentando desmoralizar e enfraquecer o judiciário. O fracasso desta tentativa atabalhoada mostra que ainda temos juízes dignos no poder judiciário. Se um episódio deste não fosse trágico seria hilário. Só Deus para salvar este destruído Brasil, vamos virar uma Venezuela da vida se as coisas continuarem neste manda e desmanda.

Recomendações

(657)
Katia Elias, Advogado
Katia Elias
Comentário · há 7 dias
Quem é este Otoni Rodrigues que fala tanta besteira e vem até aqui dizer que:

“ Julgam o desembargador que tem sim a competência e apoiam as atitudes de desobediência de um subordinado que disse que o HC não tinha legalidade, é realmente constrangedor e vergonhoso ouvir de quem se julgam entendidos de lei concordarem com isso, digo e é sabido que Moro prendeu Lula de maneira também ilegitima”

Primeiramente seu Petista , PENSE antes de vir aqui falar de nós, pois se és soldadinho do LULA petralha fique com a sua insignificância agora, falar em desobediência de um desembargador? Que desembargador? Este cara não passa de um advogado do PT que agiu sim na surdina e fez ainda uma lambança Jurídica, pois para seu governo, seu desinformado, não foi o JUIZ SÉRGIO MORO, que mandou prender seu CHEFE CORRUPTO, e sim a 8.ª Turma do TRF-4, ou seja, o juízo competente para o habeas corpus, CASO EXISTISSE, seria o Superior Tribunal de Justiça em vez do plantonista, Advogado do PT, que se diz desembargador , alegando absurdamente, FATO NOVO”, Nem um Jumento acredita nisso. KKKK
Seus companheiros só são PhD nas trapaças, na corrupção, nas mentiras e, principalmente, na SÍNDROME do VITIMISMO, ou seja, verdadeiros Deuses em que a Lei para vocês petralhas não pode ser aplicada.
Do contrário são tão espertos que o GRANDE desembargador, de vocês, ou melhor, Advogado Petista não soube nem colocar a autoridade coatora e por isso houve a manifestação da autoridade, esta sim capacitada, Sérgio Moro. Afinal, este entrou pela porta da frente de cabeça erguida sem ter que pagar um preço por ser colocado, sem concurso, para um cargo de tamanha importância.
A lambança e instabilidade no judiciário só está acontecendo por desembargadores e ministros colocados pelo seu partido PT, o pior a grande maioria empregados de seu chefe, infiltrados no judiciário.
Então não venha falar em vergonha, a paciência com vocês Petistas acabou , pois só querem a justiça a favor de vocês são os verdadeiros Santos é isso? É A SÍNDROME DO VITIMISMO. Ou seja, todo o judiciário de MÉRITOOOOOOO está errado?
A verdade é que o Brasil precisa de muitas reformas mas, sem dúvida, a urgência deve ser no judiciário em que seria necessário acabar com desembargadores e ministros, sem concurso, pois esta solução é a mais viável num país como este, pois qualquer indicação tem um preço muito alto, ainda mais vindo de um Partido como o PT que faz uma política do VITIMISMO MANIPULADOR.

Perfis que segue

(7)
Carregando

Seguidores

(65)
Carregando

Tópicos de interesse

(9)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Brasília (DF)

Carregando

ANÚNCIO PATROCINADO

Euclides Araujo

(61) 98520-65...Ver telefone

Entrar em contato